Para muitas pessoas, o sexo anal ainda é um tabu. Para outras, uma prática temida e evitada por causa de um medo provocado pelo desconhecido – ou por mitos populares que circulam sem fundamentos. A questão é que, em pleno século XXI, muitas dúvidas e polêmicas ainda permeiam o tema, quando, na verdade, estamos falando de um ato que pode proporcionar prazer e satisfação para qualquer pessoa – independente do gênero ou orientação sexual -, desde que realizado de forma segura e responsável.

Pensando nisso, preparei esse post para esclarecer alguns mitos e verdades envolvendo o sobre o sexo anal. Confira:

Alarga o ânus e solta o intestino

MITO! O que acontece é o relaxamento da pessoa e a dilatação da musculatura (que se adapta durante o ato, mas logo volta ao normal), mas o ânus não “alarga”. Quanto ao intestino, não existe relação entre o sexo anal e a prisão de ventre, por exemplo. Isso porque problemas no intestino envolvem vários outros fatores, como a ingestão de fibras, por exemplo.

Não precisa de preservativo

MITO! Mesmo que ambos testem negativo para qualquer IST, e de não haver risco de gravidez, as bactérias que existem no intestino podem causar infecções muito agressivas se entrarem em contato com a uretra. Portanto, é importante sempre usar preservativo peniano – aquele preservativo interno

Pode ser mais difícil para homens do que para mulheres

VERDADE! Isso acontece porque o canal anal é diferente entre os organismos masculino e feminino. Nos homens, ele exige um esforço maior por ser mais longo e possuir uma musculatura mais rígida.

Causa hemorroida

MITO! As hemorroidas nada mais são do que veias dilatadas na região anal, e não estão relacionadas com a prática de sexo anal. No entanto, se é feito sem lubrificante e sem o relaxamento adequado, pode gerar fissuras anais.

Não dá para ter orgasmos

MITO! Tanto homens, quanto mulheres, podem atingir o orgasmo através do sexo anal. Com 8 a 13 cm de profundidade no reto, é possível atingir a próstata, um ponto de prazer muito grande. E muitas mulheres cis também conseguem atingir o orgasmo somente com o estímulo anal.

Exige preparação antes do ato

VERDADE! A região anal não produz lubrificação própria, portanto, é muito importante tomar alguns cuidados antes do ato para que a experiência seja confortável, segura e prazerosa. Logo, exagere no lubrificante a base de água junto com o preservativo.

Curtiu o post? Suas dúvidas foram respondidas? Não esqueça de deixar um comentário!

Aproveite para compartilhar esse post com as amigas e amigos, além de seguir o meu perfil no Instagram: @dracamilacoloproctologista

Sobre o(a) autor(a): Dra. Camila Medeiros

Dra. Camilla Medeiros é médica coloproctologista em Natal/RN com especialização em Saúde Intestinal e Câncer de Cólon.

Artigos relacionados

Voltar para artigos