“Coloproctologia” é uma palavra que não faz parte do dia a dia da maior parte das pessoas. Apesar disso, o profissional coloproctologista é essencial na manutenção da saúde, tanto para homens quanto para mulheres.

Se você quer saber mais sobre a coloproctologia, as doenças que podem ser identificadas e como prevenir o câncer de cólon, fique comigo até o final do texto!

O que é coloproctologia?

Ilustração de um homem e uma mulher com dúvidas. No topo da imagem, um balão de pensamento com uma interrogação.

Como a própria palavra sugere, a coloproctologia — anteriormente chamada de proctologia, como vimos no post anterior — é a área da saúde especializada nas condições do sistema digestivo: cólon (parte central do intestino grosso), reto e ânus.

Esta área também é responsável por tratamentos cirúrgicos ou não cirúrgicos, exames físicos e identificação de anomalias no organismo (como tumores ou inflamações).

Doenças e sintomas tratados por coloproctologista

Fotografia de uma mulher jovem deitada no sofá, segurando o abdômen com dor.

Muitas doenças e sintomas podem ser prevenidos ou tratados com o auxílio do profissional coloproctologista. 

Alguns dos sintomas afetam a qualidade de vida, mas são mais simples e, se tratados nos estágios iniciais, não oferecem risco à vida do paciente. Outros problemas são mais sérios, como o câncer de cólon, que falaremos a seguir.

Confira uma lista de problemas comuns que são tratáveis pela Coloproctologia.

  • Fissura anal
  • Hemorróidas
  • Prolapso retal
  • Constipação ou prisão de ventre
  • Infecções Sexualmente Transmissíveis
  • Diverticulite
  • Sangramento anal
  • Doença de Crohn
  • Incontinência anal e/ou diarreias
  • Infecções parasitárias ou bacterianas
  • Síndrome do intestino irritável
  • Tumores intestinais, entre eles os malignos como o câncer de cólon.

Como prevenir o câncer de cólon?

Ilustração de intestino grosso com destaque para tumor (Câncer colorretal)

De acordo com as estatísticas divulgadas pelo Instituto Nacional de Câncer sobre a incidência de tumores, o câncer de cólon e reto é o segundo tipo com mais casos estimados tanto para os homens, quanto para as mulheres.

Os dados relativos ao ano de 2020 estimam que:

  • 20.540 novos casos (cerca de 9,1% do total) em homens;
  • 20.470 novos casos (cerca de 9,2% do total) em mulheres.

Parar de fumar, evitar excessos de álcool, ter uma alimentação adequada… Tudo isso é fundamental para prevenir o câncer. 

Apesar disso, como esta é uma doença silenciosa e que só apresenta sintomas nos estágios mais avançados, a melhor forma de prevenir é através da consulta periódica.

Homens e mulheres precisam visitar o profissional de coloproctologia pelo menos uma vez ao ano. 

Então, não descuide da sua saúde!

 

Quer saber mais sobre como prevenir doenças e manter um organismo mais saudável? Acompanhe o blog e assine a newsletter para receber os artigos publicados!