No nosso cotidiano é muito comum escutar pessoas que já passaram por câimbras em diversos músculos, mas para alguns a câimbra no anus pode ser uma novidade. No entanto, a situação acontece de forma súbita, na maioria das vezes sem nenhum aviso prévio.

Essa dor acontece numa escala de intensidade moderada a alta, através de contrações nos músculos que são responsáveis por envolver a parte externa do reto, também conhecido como músculo puborretal e esfíncteres.

Por ser algo que não comentamos com frequência numa roda de amigos, ainda surgem muitas dúvidas sobre a origem da câimbra no ânus e as formas de tratamento para evitar que isso se repitam. Vamos conferir!

O que pode causar a câimbra no ânus?

Homem pensando

As câimbras do ânus podem ter diversas causas, principalmente se o paciente tiver associado outro problema na mesma região.

Veja alguns prováveis motivos dessa câimbra:

  • Hemorroida: por causa uma inflamação nas veias que estão localizada na região anal;
  • Infecção: principalmente por bactérias ou vírus de caráter sexualmente transmissíveis, impactam na saúde anal;
  • Constipação: pela falta do funcionamento adequado do intestino, a evacuação das fezes forma-se mais difícil, exigindo mais esforço dos músculos localizados na região do ânus;
  • Fissura anal: são feridas caudadas por lesões traumáticas, como a limpeza com frequência com papel higiênico;
  • Diarreia: quando acontece de forma prolongada, pode acabar irritando o ânus e gerando a câimbra.

Ainda existem outras situações que podem causar a câimbra no ânus, como o abscesso perianal, proctite, Doença de Crohn, endometriose intestinal, colite ulcerosa e em casos mais complexos até mesmo um câncer anal.

Quando a câimbra no ânus evolui para a proctalgia fugaz?

A proctalgia fugaz é uma doença funcional que acontece também no ânus, e que pode ser identificada pelo seu sintoma mais comum: uma dor anal intensa, semelhante a uma câimbra. Não tem horário para acontecer e costuma melhorar após alguns minutos

Se a câimbra no ânus acontece de forma contínua durante a sua vida, em crises frequentes, pode ser que o seu quadro tenha evoluído para uma proctalgia fugaz.

Nesse caso, os principais motivos podem estar ligados a:

  • Insônia constante
  • Constipação intestinal
  • Evacuação com fezes mais endurecidas
  • Estresse no dia a dia
  • Atividade sexual com o ânus.

Como funciona o tratamento da câimbra no ânus?

Médica

O tratamento da câimbra no ânus vai acionar principalmente as causas. Por isso, vai ser necessário a consulta a um(a) proctologista especializado(a), analisando as diversas possibilidades para dar um diagnóstico.

Quando este for identificado, o tratamento pode seguir com medicamentos ou até mesmo métodos de reabilitação do assoalho pélvico, buscando por um relaxamento na musculatura que envolve o ânus. As possibilidades de cirurgia são mínimas.

Este conteúdo conseguiu responder às suas dúvidas? Para mais dicas e informações, me acompanhe no Instagram @dracamilacoloproctologista.

Sobre o(a) autor(a): Dra. Camila Medeiros

Dra. Camilla Medeiros é médica coloproctologista em Natal/RN com especialização em Saúde Intestinal e Câncer de Cólon.

Artigos relacionados

Voltar para artigos